11/02/2008

Arouca...




No domingo fui visitar Arouca mais concretamente o Mosteiro de Arouca ainda em restauração pelo IPPAR ... só visitei um 1/3 das instalações.
A vida deste mosteiro foi marcada por D. Mafalda, filha de Sancho I, que em 1220, entra para o convento, aumentando o já influente papel do mosteiro na vida politica e administrativa da região, através de grandes doações feitas por esta rainha, que veio a ser beatificada e cujo túmulo ali se encontra. Grandes obras são executadas no século XVI, incidindo sobretudo nos adornos dos altares e no século XVII, é ampliado o complexo monástico, que no final deste século albergava cerca de 100 freiras e 300 criadas...
Para este mosteiro não entrava uma mulher qualquer, eram noviças de familias avastadas que tinham de trazer um enxoval conforme ditava as leis internas ... 2/3 criadas ...
Fez-me um bocado de confusão o que levaria a uma mulher a fazer-se prisioneira por vontade própria ... ainda bem que os tempos mudaram ...

6 comentários:

htsousa disse...

Excelente escolha para uma visita, já por lá andei.
Olha que hoje também há mulheres a fazer essa escolha!

Material para artes disse...

Olá.
O meu blog tem novidades e também tem um desafio pra ti.
Passa por lá.
Beijinhos

Anjo De Cor disse...

htsousa acredito que ainda haja mulheres com opções destas ... são opções de vida, por mais estranhas que pareçam sem dúvida ... Arouca continua igual ;D

Material para arte vou visitar o teu cantinho ;D

Bjs
SS

RochaMocha disse...

E as castanhas de Arouca provaste? São deliciosas!!! :P

Anjo De Cor disse...

as castanhas, o pão de ló, as morcelas doces, hum.... que gulocise ;D
Bjs Rochamocha
SS

LAROKITAS disse...

Oi, obrigada pelo comentário, beijos grandes
silvia