11/02/2010

Será?



"se não tens o que gostas, gosta do que tens"

Muitas vezes não damos o devido valor ao que temos porque não as conseguimos ver com outros olhos... ou será que não?

12 comentários:

Poetic GIRL disse...

É ás vezes estamos mesmo ceguinhos... bjs

Ana Sofia Sousa disse...

Ansiamos tanto obter sempre o máximo e sempre o melhor...que descoramos do que temos :/
Acho que devemos sempre lutar pelo que queremos...mas dar sempre o devido valor ao que temos e que foi conquistado por nós!
***

caminha express disse...

tenho seguido o teu blogue e gosto...convido-te a visitar o meu...beijo

http://caminha-express.blogspot.com/

S* disse...

Ou luta pelo que gostas.

Tatiana disse...

Acho que sim...
Já o temos mesmo... aí não
Precisamos aprender a valorizar mais o que já temos...

:) Um beijo carinhoso

Branquinha disse...

Eu dou valor ao que tenho todos os dias. Mas a verdade é que normalmente andamos mais preocupados com o que não temos, deixando passar tudo o que de bom partilhamos todos os dias.

Besitos

Olhos Dourados disse...

Muitas vezes acontece isso.

mjf disse...

Olá!
Verdade o que dizes:=((
Por vezes ´so vemos o que tinhamos...quando o perdemos!!!


Beijocas

Bom fim de semana

CG disse...

Acho que o maior problema está no facto de acharmos que só vamos ser totalmente felizes quando tivermos aquilo que ainda não temos. E, entretanto, não damos valor aquilo que já temos e que já conseguimos conquistar.
Por vezes torna-se um ciclo vicioso, porque quanto mais temos, mais queremos ter.
O ser humano é uma criatura muito complicada :P
Big Kisses

Malinha viajante disse...

Verdade mesmo...é preciso valorizar e aproveitar o que temos hoje, sabe-se lá se amanhã o podemos perder! ;)
bjs

by " A Invisível " disse...

Sem dúvida! Por vezes temos que perder, para dar o devido valor... Certo?.. ;)
Desejo-te um excelente fim-de-semana, com muitos sorrisos à mistura. Sim?... :)
Beijinho grande* querida Anjo de Cor*

Rute disse...

é mesmo verdade, e a maior parte das vezes só damos valor quando os perdemos...